HTC - Lockheed SR-71 Blackbird (Kit Montado/Sucata) - 1/72

Código: KMLHTC4 Marca:
Ops! Esse produto encontra-se indisponível.
Deixe seu e-mail que avisaremos quando chegar.

Produzido pela Lockheed Corporation dos Estados Unidos e operado pela força aérea daquele país e pela NASA, o SR-71 Blackbird é uma aeronave de reconhecimento estratégico construído pela "Skunk Works", a divisão de desenvolvimento de projetos avançados da Lockheed. Foi um projeto do engenheiro aerospacial americano Clarence Leonard Johnson, conhecido como "L. Kelly". O SR-71 foi a mais recente variação de um conjunto de aviões que ficaram conhecidos como Blackbirds (A-12, YF-12, M-21 e SR-71). Diferentemente de seus antecessores, o SR-71 é maior, carregava mais combustível e possuía dois cockpits, o frontal para o piloto e o traseiro para o oficial de sistemas de reconhecimento. Nenhum dos 31 modelos SR-71 fabricados foi abatido até hoje. No entanto 12 unidades foram perdidas em acidentes. A aeronave é propulsionada por dois motores turbojato Pratt & Whitney JT11D-20 com pós-combustores, difusores de entrada de ar de geometria variável (cone móvel) e um complexo sistema de drenagem de ar que permitia o ar passar por fora da seção da turbina indo diretamente para o pós-combustor, atuando portanto como um motor híbrido turbo-ramjet. Os combustíveis usados eram especiais, o JP-7 e o PWA 523E, que possuíam alta estabilidade térmica e não depositavam impurezas nos sistemas de passagem. O combustível também era usado no sistema hidráulico do motor e como refrigerante do motor e de outros sistemas. Esse combustível possuía baixa pressão de vapor e um ponto de ignição tão alto que se um fósforo aceso fosse atirado em uma poça dele, era apagado. Para se iniciar a ignição era usado o elemento pirofórico trietilborano. Devido à fricção com o ar, as temperaturas médias das superfícies externas variavam de aproximadamente 240 oC a 330 oC, sendo que algumas partes chegavam a 565 oC. Isso impedia o uso de alumínio como material estrutural. Dessa forma o material escolhido foi o titânio, 93% do peso estrutural era composto por ligas de titânio. Algumas partes como as bordas da fuselagem, estabilizadores verticais, cones das entradas de ar e cone da cauda eram feitos de materiais poliméricos compostos, que eram usados basicamente para reduzir a assinatura de radar. Uma característica deste avião é a existência de chines ao longo da fuselagem. Trata-se de uma extensão lateral (carenagem lateral) ao longo da parte frontal do corpo, no sentido longitudinal. Seu objetivo é prover estabilidade e sustentação adicionais. O Blackbird (pássaro negro em tradução do inglês) recebeu este nome em função de uma pintura preta de alta emissividade, que ajudava na irradiação do calor e consequentemente diminuía o estresse térmico sobre a fuselagem. A aeronave fez seu primeiro voo em 22 de dezembro de 1964. A USAF os retirou de operação em 1990 (dois SR-71 foram colocados em operação novamente em 1995 e retirados mais uma vez em 1997) e a NASA os utilizou para pesquisas entre julho de 1991 e outubro de 1999. Após 1999, todos os SR-71 remanescentes foram distribuídos para museus nos Estados Unidos e um no Reino Unido. O último voo de um SR-71 se deu em 9 de Outubro de 1999. Em julho de 1976, foi atingido seu recorde de velocidade, mach 3.3 ou cerca de 3529 km/h. A altitude máxima que a aeronave podia atingir (segundo o manual) era de 25710 metros ou 85 mil pés.

***MODELO MONTADO, VENDIDO NO ESTADO***

Sobre a loja

A Hobby Trade Center está há mais de 25 anos no mercado de modelismo,comercializando kits plásticos para montar, miniaturas em metal (die cast),trens elétricos, brinquedos educativos, quebra cabeças em 3D entre outros produtos.. Em nossa empresa você irá encontrar a mais variada gama de produtos do ramo, um execelente atendimento, sempre com qualidade e agilidade!

Social
Pague com
  • Pix
  • Pagar.me V2
Selos

HTC COMÉRCIO DE MODELISMO LTDA - CNPJ: 96.601.257/0001-78 © Todos os direitos reservados. 2022


Para continuar, informe seu e-mail